Mil e uma palavras para conhecer antes de crescer...

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

A Grande Casa das Perguntas

Ilustração de Maria del Toro

Naquele dia de inverno a Bruxinha andava, desde manhã, a cirandar de um lado para o outro enquanto o Gato mexia e remexia papéis.
- O que estás a fazer? - pergunta a Bruxinha.
- A rever um guião.
- A sério? Que estranho...
- Por acaso sabes o que é?
- Sei. Toda a gente sabe. Um documento de 122 páginas, em letras grandes para serem lidas, por míopes, à distância...
- Não é esse “guião”.
- Então deixo-te com a tua metafísica. - disse a Bruxinha.
- Meta-quê? Não conheço essa senhora. Mas o que te deu hoje para estares a usar essa linguagem e andares aí de um lado para o outro. É por causa desse chapéu que estás a usar?
- O meu chapéu não tem nada que ver com o que penso é uma mera opção estética. Estou a exercitar a mente. Tens algo contra?
- Não, mas alguém tem de pesquisar e escrever a história para o Paulo. - e o Gato lambeu a pata esquerda, bocejou e continuou a virar papéis. - E não te esqueças de que vamos ter visitas!
E mal acabou a frase entrou a Joana, um grupo de crianças com chapéus às cores e um cão que fez o Gato assustado saltar para o ombro da Bruxinha.
- Olá Bruxinha! Tudo a postos? - disse a Joana com os seus olhos brilhantes atrás de uns óculos pretos.
- Quase - disse a Bruxinha.
E, num passe de magia, muitas almofadas apareceram semeadas no chão, as crianças sentaram-se e a Joana começou.
Houve muitas perguntas de boca em boca, muitas imagens de mão em mão, muitas palavras novas como Ética e Estética que o Tomás achou divertidas, davam bons nomes para as suas iguanas... foi uma tarde divertida.
No fim, todos foram lanchar.
Todos menos a Cecília que ficou a tocar saxofone.
Todos menos a Sofia, a mais pequenina, que adormeceu na almofada.
Todos menos o Gato que, no ombro da Bruxinha, olhava desconfiado para o cão.
Todos menos o cão que rosnava baixinho para o Gato.
- Obrigada, Joana. - disse a Bruxinha. - Foi muito interessante a aula de Filosofia com as crianças! E agora tenho uma prenda para ti. Um livro para te acompanhar em 2014.


"A Grande Questão", de Wolf Erlbruch (Editora Bruaá).

A Joana comia bolo de mel com nozes e não pôde dizer nada. Acenou que sim e fez um grande sorriso absolutamente “empírico”.

Texto: Sílvia Alves
Ilustração: Maria del Toro

Sem comentários:

Publicar um comentário

Seguidores